sexta-feira, 14 dezembro, 2018

“…*bzzztt*….estão me ouvindo Absalom?! Droga! Aqui é o Capitão Tarukk do cargueiro mineirador Bahamut pedindo auxílio! Estamos sendo atacados por um comboio de piratas espaciais goblinóides! Absolom?! Na escuta?! – Boomm! Som de explosões nos decks inferiores.

– Senhor…nossos escudos estão nas últimas…não vamos aguentar muito tempo! Que Abadar nos ajude…

– Volte ao seu posto, humano! Não fui criado nas arenas de batalha e honra Vesk para choramingar aos pés desses malditos goblins espaciais! Concentrem os escudos na traseira, força total à frente e joguem neles tudo o que temos!

Bzzzt! Bahamut, aqui é a esquadra Vingadora Sagrada, dos paladinos siderais de Iomedae. Capitão Tarukk, pedimos permissão para entrar na sua festa e chutar uns traseiros goblinóides!

– Finalmente! – responde o aliviado Tarukk – Entrem na festa rapazes!”

Olá aventureiros. Então…sentiram a pegada?

Imagine tudo aquilo que você sabe pano de fundo de Pathfinder. Raças, classes, magias, monstros.

Agora jogue isso em uma ambientação que mistura conceitos de Space Ópera e Cyberpunk. Senhores, lhes apresento STARFINDER – Livro de Regras!

Esse robusto livro de mais de 500 páginas é um sucesso lá fora e tem como editora a PAIZO, mesma editora de seu primo de fantasia medieval, o querido Pathfinder. Lançado em 2017, logo ganhou os corações rpgistas por expandir e muito a ambientação já conhecida do Pathfinder e dar esse sabor de fantasia espacial fantástica, criando um novo segmento, o Sci-Fi Fantasy. O livro está chegando ao Brasil em financiamento coletivo no Catarse (ver link no final) pela já conhecida nossa New Order Editora, que possui em seu catálogo os já clássicos como Numenera, Lenda dos Cinco Anéis e Shadowrun. Credibilidade ímpar, concorda?

Mas vocês devem estar me perguntando “Como assim expande a ambientação de Pathfinder, Tio Ximu?”

Pois é, jovem. A ambientação de Starfinder segue a mesma linha temporal de Pathfinder, só que…digamos…milhares de anos no futuro. Na verdade o livro já começa jogando na sua cara que houve uma lacuna de tempo entre um determinado ponto na cronologia de Pathfinder e os primeiros eventos de Starfinder sem ninguém se lembrar, ter registros, nada. O que se sabe é que muito tempo se passou e um outro pequeno detalhe, o planeta Goralion desapareceu! Estando seus habitantes agora em uma estação espacial gigantesca chamada Absolom, que ocupa o mesmo lugar onde estava o planeta Goralion! Porrada, né? Mas deixemos os spoilers de lado.

O livro trás toda uma mecânica de novas raças para jogadores e suas histórias, porém também abraça as raças clássicas de Pathfinder (elfos, anões, humanos, etc) adaptando-as ao novo cenário de maneira suave e bem explicada. Também temos novas classes, claro, e um sistema que ajuda muita a caracterizar seu personagens, os Temas, dando aquela diversidade fazendo dois personagens de mesma classe, por exemplo, serem totalmente diferentes e originais. Entretanto estamos falando de um “Finder” da Paizo, não é mesmo? Então espere regras e mais regras e complexidade nas mecânicas, às vezes até exagerada na minha opinião, mas que já é de se esperar de um título deste segmento. Temos Classes de Armadura para cinética e energia, ações de combate diferenciadas, tática e estratégia de combate de naves e muito mais para compor ao máximo uma cena. Aliás, se tratando de naves, é quase um sistema dentro do sistema, de tão detalhado e específico que é. Cada personagem, por exemplo, tem uma função dentro da nave que pode fazer diferença em um combate, como manipular os escudos e executar manobras espaciais. É pesado, sim é, não vou mentir, mas acredite é gostoso de ler e se acostuma muito rapidamente, além do que temos sempre a premissa, as regras são ferramentas, use as que lhe convier melhor. Essa leitura densa só ajuda no final, pode ter certeza.

Que mundo futurista seria se não trouxesse equipamentos e geringonças futuristas? Tá tudo ali e muito mais. A personalização de um personagem quanto a equipamentos, implantes cibernéticos, apetrechos para a nave é enorme!  Tudo ligado às novas Perícias que estão no livro, acertadas para esse novo universo.

Falando da ambientação em si, temos de cara um sistema solar inteiro, com descrição bem feita dos planetas, cada um com suas peculiaridades. Existe um planeta, por exemplo que, devido à um evento, toda sua população foi transformada em mortos-vivos! Cara…como assim um planeta de, tipo, Liches?!

Assim como em outras ambientações do tipo, temos um aglomerado de raças que formam um acordo, no caso os Mundos do Pacto, juntos em uma tentativa de coexistência organizada e pacífica. Só que sabemos que isso é quase impossível, tendo muitas corporações com interesses próprios e mesquinhos, além das ameaças externas que sempre põe em risco essa delicada aliança. Além das novas raças para jogadores, existem uma gama de raças que compõe o cenário (lembra dos Liches ali em cima?! Sinistro…), dando aquele toque de Star Wars que sempre você topa com uma raça que não tinha visto até ali, mas que sempre esteve lá.

 

Concluindo aventureiros, o livro é uma MARAVILHA, uma obra de arte incrível tanto quanto rpg, como diagramação, arte, tudo. Tive acesso a versão que a New Order Editora já traduziu e posso afirmar isso com completa razão. Se você quer investir em um RPG que esteja em conta e seja completo para você que curte o tema ou tem curiosidade, pode ir sem medo. A New Order Editora já está com o financiamento do Starfinder em aberto para apoio, que vai até o dia 15 de Dezembro, com metas interessantíssimas para os apoiadores. Minha dica: aproveita o décimo terceiro, presente de natal o que for e apoie este financiamento. É certeza de acerto crítico!

E nós do Casa Velha RPG não ficaríamos de fora deste evento. Em parceria com a New Order Editora, parceira nossa de outros carnavais, iremos fazer dia 08 e 09 de Dezembro a “DOBRADINHA STARFINDER!”, um sábado e domingo que vai ser dividido entre no primeiro dia fazermos personagens e darmos uma passada pela ambientação e regras e no domingo…meu amigo, no domingo teremos a one-shot especial Starfinder: O Tesouro das Estrelas, comigo Ximu narrando para um grupo de convidados surpresa, algumas caras conhecidas e outras novas. E pra você que acha que é só? Está muito enganado. Guardamos uma surpresa imperdível para àqueles espectadores que estiverem acompanhando nossa stream nos dois dias. Se eu fosse vocês, não perdia de jeito nenhum!

Então aventureiros, apertem seus cintos, confira seus créditos, aqueçam os motores da nave Casa Velha RPG, porque nosso encontro vai ser no espaço!

Abs,

Ximu.

Para apoiar o financiamento do Starfinder – Livro de Regras da New Order Editora, clique aqui.

Para saber mais da New Order e seus produtos, clique aqui.

Tags: , ,

Curta nosso Facebook!

SIGA-NOS

INSTAGRAM

Estamos ON!
Estamos OFF :(