sexta-feira, 14 dezembro, 2018

Dia 09/11 vai começar aqui no canal uma campanha de Deadlands – Oeste Sem Lei. Para que você vá se adaptando aos personagens, vamos liberar semanalmente os backgrounds de cada um deles, escritos pelos próprios jogadores. A quarta e última história não é de um homem branco. Ela pertence a um índio que tinha a missão de salvar a natureza, mas agora busca salvar a humanidade.

Durante uma lua cheia do solstício de inverno nasciam dois irmãos Akecheta e Ohanzee. No mesmo momento Hiamov, o chefe da tribo, teve uma visão de que esses trilhariam o caminho da Mãe Terra. Desde pequenos os jovens mostravam um grande carinho e respeito pela natureza, as só aos 12 anos, durante outra lua cheia do solstício de inverno, que os irmãos tiveram uma visão onde um animal vinha falar com eles. Ohanzee, o irmão mais velho, teve uma visão com uma pantera negra e o animal lhe mostrava como o mundo estava sendo manchado pelos Territórios de Caça e tudo que vinha daquele local. Decidos a enfrentar esse mal os irmãos começaram seu treinamento para assim salvar a mãe natureza.

Leia mais sobre o cenário: Deadlands – Um cenário de faroeste mágico

Durante as noites a pantera vinha nos sonhos do Ohanzee e o ensinava sobre os outros planos, em especial sobre os Território de Caça e durante o dia Hiamov ensinava como conversar e controlar os espíritos além dos treinamentos físicos, mas nesses sue irmão mostrava uma aptidão muito maior.

Já adulto conheceu um homem branco que estranhamente possuia uma fazenda nas Sioux Nations sendo que os brancos podiam morar apenas em Deadwoods.

– Olá, me chamo John Stone. Bem vindo a fazenda Xochitl, respondeu o velho senhor.

– Você fala a minha língua? Perguntou surpreso o jovem Ohanzee.

Com uma risada o velho respondeu.– Pouco. Qual seu nome?

– Me chamo Ohanzee. Mas como você possui terras aqui? Brancos não deveriam moras apenas em Deadwoods? Como você não foi atacado…

– Calma jovem. Você falar rápido. Eu não compreender tudo. Eu ter autorização do Touro Sentado para fazenda.

E com esse inesperado encontro Ohanzee se tornou amigo de John Stone. Ohanzee já tinha sido ensinado que nem todos os homens brancos eram maus, mas o John foi o primeiro branco que ele conheceu que não possuia uma aura de ganância ao seu redor. O Sr. Stone o ensinou sua língua e a cultura, mas foi limitado já que o velho era apenas um fazendeiro e não tinha muito conhecimento da língua indígena.

Ao completarem 30 anos os irmãos haviam completado seus treinamentos e agora eram chamados de Raposa Cinzenta(Aketcheta) e Pantera Nebulosa(Ohanzee) partiram com a missão de destruir as criaturas malignas dos Território de Caça e homem brancos que destroem a mãe terra. E como primeira missão seus espíritos mandaram invertigar um região próxima de Deadwoods.

Quando chegaram no local viram que existia um armazem ilegal, então, ao cair da noite ele avançaram no local. Enquanto seu irmão saiu furtivamente matando todos que estavam naquele local. Ohanzee avistou um jovem que parecia ser diferente dos demais.

– Grr…

Ao se virar o garoto viu uma pantera negra e desmaiou. Quando recobrou os sentimentos o jovem estava amarrado com um índio olhando fixamente para ele e escutava gritos e tiros vindo de dentro do armazém.

– Por favor não me mate!, disse o jovem já ao prantos.– O que você faz aqui? , perguntou o índio– Eu apenas faço a contagem dos produtos. Sou órfão e me ofereceram esse trabalho porque eu sei contar e fazer cálculos. Não fiz pro mal era isso ou morrer de fome.– Órfão? Sem pais?– Sim! Sim!

Nesse momento os sons de de tiros e gritos param e o garoto fica mais assustado ao ver outro índio este completamente ensanguentado.

– O que está fazendo!? Mate logo ele para podermos destruir esse local, disse o índio ensanguentado.

– Ele é apenas uma criança.

– Criança? Ele é um demônio assim como os outros!

– Não. Eu conversei com ele. Ele di…

– Conversou com ele? Ele sabe nossa língua? O que você sabe garoto? Diga!, perguntou Akecheta agarrando o jovem pela gola.

– Ele não sabe a nossa língua. Eu sei a língua deles.

– Como assim você sabe a língua deles!? Isso não importa agora. Mate logo ele depois nós falamos sobre isso.

– Eu já disse que não vou matá-lo. Ele não tem nada a ver com isso.

– COMO ELE NÃO TEM NADA A VER!? FORAM ELES QUE MANCHARAM A MÃE TERRA! Gritou Akecheta.

– Você não pode culpar esse jovem por isso. Não podemos matar todos assim. Nem todo homem branco quer destruir a Mãe Terra.

– Primeiro eu descubro que você sabe a língua desse demônios e agora você me diz que não vai matá-lo. Akecheta para, respira e então fala– Se você não matá-lo pode dizer adeus para nossa missão em conjunto.

– Não posso fazer isso irmão…

– EU NÃO TENHO IRMÃO! MEU IRMÃO MORREU NO ATAQUE OA ARMAZÉM! Gritou Akecheta enquanto ia embora.

Nisso o jovem perguntou:

– O que houve? Vocês vão me matar?

– Não. Qual seu nome? Falou Ohanzee já desamarando o garoto.

– Me chamo Steve senhor.

– Steve saber onde eles levar pedra fantasma? Perguntou Ohanzee enquanto levava o garoto para longe do armazém.

– Só sei que elas são levadas para o Colorado senhor.

De repente uma grande explosão é escutada e na escuridão da noite uma imensa bola de fogo ilumina o local onde antes havia o armazém.

– Para onde estamos indo senhor?

– Para fazenda Xochitl.

Depois de deixar o jovem Steve na fazenda, Ohanzee resolveu voltar para tribo para falar com Hiamov sobre o acontecido, mas ao chegar lá encontrou a vila da tribo destruída com todos mortos. Enquanto segurava Sacajawea, seu grande amor, nos braços escutou o grito do seu irmão Akecheta. Ohanzee correu omais rápido que pode, mas ao chegar lno local viu uma criatura negra como a noite, com olhos vermelhos de sangue, destruir seu irmão na frente de seus olhos.

Após isso, a missão do índio mudou. A natureza pouco importava agora: Ohanzee precisava salvar o mundo como um todo. O que ele viu naqueles olhos, aqueles olhos de sangue, foi uma cobiça que levaria o mundo ao caos…ou aos Territórios de Caça.

Leia também: Deadlands: Background #01 – Hernando

Leia também: Deadlands: Background #02 – Robert “Three Fingers” Bishop

Leia também: Deadlands: Background #03 – Dr. Ernest “Ernie” Waynestark

Tags: , , , ,
Estamos ON!
Estamos OFF :(